22 de setembro de 2015

Shampoo e 6 dicas para cabelos oleosos!


    Eu, como a maioria das brasileiras, tenho a raiz do cabelo oleosa. Nunca tive grandes problemas com isso, mas nos últimos tempos a raiz do meu cabelo tem ficado pesada, sabe? Aí decidi que estava na hora de mudar o shampoo.
  Nunca tinha usado nada da marca Ecologie, mas como estava na farmácia procurando um shampoo translúcido (que geralmente limpam mais profundamente), acabei levando ele. E olha, eu amei! Meu cabelo já ficou mais leve na primeira lavagem! E achei o preço mega amigo. Fica a dica para quem sofre do problema e precisa de um produtinho bom e barato.


  • Use shampoos adstringentes ou específicos para cabelos oleosos. Na prática, procure por shampoos translúcidos.
  • Evite água quente na hora do banho. A alta temperatura resseca os fios, e por isso, estimula a produção de mais oleosidade. 
  • Evite o excesso de escovação, pois o ato estimula as glândulas sebáceas, aumentando a produção de sebo. O mesmo vale para quem tem mania de ficar passando as mãos nos cabelos. 
  • Evite usar chapéus ou bonés por muito tempo. O cabelo neste ambiente transpira mais que o normal, e por isso o couro cabeludo acaba estimulando uma maior produção de oleosidade. 
  • Sempre aplique condicionador, cremes ou leave-in exclusivamente no comprimento do cabelo. Deixe esses produtos longe do couro cabeludo
  • Não use o secador em uma temperatura muito alta. O calor excessivo acaba estimulando as glândulas sebáceas a produzirem mais sebo. 

       Espero que vocês tenham gostado das dicas. Mais alguém sofre do mesmo problema? Conta aqui!

Um comentário:

  1. Também tenho cabelos oleosos, uma luta!
    A notícia boa é que minha dermato falou que não tem problema lavar todos os dias. Muita gente fala que é ruim porque deixa ressecado (pelo menos comigo não acontece haha).
    Um cuidado muito importante são com aqueles shampoos antiresíduos. Eles são para serem usados de vez em quando pois fazem uma limpeza muito profunda (ideal para antes de uma hidratação intensa). Se essa limpeza for feita todos os dias pode agredir o couro cabeludo e até provocar o tão temido efeito rebote (uma defesa do corpo que produz mais oleosidade porque a maior parte foi retirada). O ideal é uma vez por semana ou de 15 em 15 dias. O efeito é fantástico!

    ResponderExcluir