28 de abril de 2015

Kandinsky em BH

     



   O CCBB (Centro Cultural do Banco do Brasil) é definitivamente um dos meus lugares preferidos em Belo Horizonte. Acho a ideia de englobar vários espaços culturais (museu, teatro, cinema...) em um único local genial. 

    Vou em todas as exposições do CCBB, mas estava especialmente ansiosa pela de Kandinsky que estreou há poucos dias. Como fui logo no primeiro dia cedo conferir, até saiu uma citaçãozinha minha no Estado de Minas (aqui!), hahaha. Voltei na semana passada para fazer algumas fotos para mostrar para vocês! A intenção é incentivar o pessoal que mora em Belo Horizonte para ir ver de perto as obras, e mostrar um pouquinho do que está rolando lá para quem não mora na capital mineira. 



      Kandinsky nasceu em 1896 em Moscou que se tornou um verdadeiro mestre da abstração. Era um artista bem completo, e desenvolveu obras sobre telas, vidro e até mesmo em objetos diversos como baús e trenós.
          A exposição é super bem contextualizada e não tem somente um grande acervo de obras de Kandinsky como também de outros artistas russos da mesma época (inclusive grande parte do acervo pertence ao Museu do Estado Russo).


     Não sou nenhuma especialista no assunto, mas amo arte. Minha estética favorita é a impressionista (acho muito delicado!) então conferir uma exposição cheia de abstrações (uma estética totalmente diferente do que eu costumo ler/ver) desta proporção foi uma experiência muito bacana.

         A exposição fica até o dia 22 de Junho e a entrada é gratuita. Uma dica é evitar ir aos finais de semana (se possível), o CCBB fica muito cheio o que dificulta na hora de conferir as obras. E não se esqueça que o museu não abre nas terças!
    Vai conferir a exposição? Aproveite para conhecer os restaurantes que ficam no térreo do museu, tem o Café com Letras (<3) e um café que tem tapiocas maravilhoooosas! Vale a pena!!!

           Espero que tenham gostado da dica! Quem já conferiu a exposição conta aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário